CFAM • Coleção de Fungos da Amazônia
A Coleção de Fungos da Amazônia, CFAM, que está inserida na Coleção Biológica do Instituto Leônidas e Maria Deane (CBILMD), possui um acervo de relevante importância uma vez que é composta de linhagens isoladas de diferentes substratos da Amazônia brasileira, região ainda pouco explorada quanto à sua riqueza microbiana.

No acervo os gêneros de maior ocorrência são Penicillium, Aspergillus e Trichoderma, isolados das mais diversas fontes tais como ar, solo, água, plantas, frutos, homem e outros animais. Todas as culturas estão identificadas ao nível de gênero e outras de espécie, pertencentes aos filos Zygomycota, Ascomycota e aos fungos anamórficos.

O acervo da CFAM é constituído por 834 culturas de fungos filamentosos, conservados sob óleo mineral, em água destilada, a -20ºC e liofilização, e são mantidas em quadruplicata em cada método de preservação.

Além de receber depósitos, a CFAM atende a pedidos de fornecimento de culturas, isolamento e identificação de fungos, assim como treinamento de estudantes e profissionais na identificação de fungos. Estes pedidos são procedentes de instituições de ensino e/ou pesquisa, nacionais e internacionais.

A CFAM vem caracterizando as culturas estocadas quanto a aspectos biotecnológicos, tais como produção de enzimas de interesse industrial e antimicrobianos; e quanto às características morfológicas, através de projetos desenvolvidos por alunos de graduação e pós-graduação (mestrado e doutorado) do país.

A CFAM é filiada a World Federation for Culture Collections, World Federation for Culture Collections, WFCC, sob o registro WDCM 957 e está credenciada como Fiel Depositária de Amostras de Patrimônio Genético pelo Conselho de Gestão de Patrimônio Genético (CGEN/ Ministério do Meio Ambiente), de acordo com o Aviso de Credenciamento nº 063/2012/SECEX/CGEN, publicado no D.O.U em 19/09/2012.

© 2017 Coleção de Fungos da Amazônia, Instituto Leônidas e Maria Deane, Fundação Oswaldo Cruz